ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia
ABOZ no Facebook ABOZ no Instagram

Biblioteca

Effects of medical ozone upon healthy equine joints: Clinical and laboratorial aspects.

Indicação Clínica: Inflamação intra-articular em equinos Tipo de Estudo: Observacional analítico, randomizado. Resumo: O objetivo deste estudo foi verificar se as reações inflamatórias transitórias induzidas pela administração de ozônio medicinal intra-articular afetam os componentes articulares, por avaliação in vivo da inflamação (prostaglandina E 2, Substância P, Interleucina-6, Interleucina-1, Fator de Necrose Tumoral), anti-inflamatórios (Interleucina-10) e biomarcadores oxidativos (atividade da superóxido dismutase e burst oxidativo) e produtos de degradação da matriz extracelular (sulfato de condroitina e ácido hialurônico) no líquido sinovial. Os efeitos do ozono medicinal foram analisados em duas concentrações de ozonio (grupo A com 20 μg/ml, grupo B com 40 μg/ml, respectivamente), e utilizando injeção com oxigénio no grupo controle (grupo C); cada grupo recebeu dez tratamentos (15 ml de gás por tratamento). Avaliação física, avaliação de erros, ultrassonografia e análise do líquido sinovial foram realizadas. Todas as articulações apresentaram efusão leve e transitória ao longo do estudo. O grupo B exibiu o maior escore de erros no dia 14 (P <0,05), detectado pelo sistema de medição de erros, provavelmente devido à maior concentração de ozônio. Todos os grupos exibiram escores ultrassonográficos aumentados no dia 14 (P <0,05). Grupos A e B exibiram concentrações aumentadas de proteínas no dia 21 (P <0,05). Não houve alteração na concentração de ácido hialurônico ou a porcentagem de ácido hialurônico de alto peso molecular ao longo do experimento. As concentrações de sulfato de condroitina diminuíram no grupo B, e não se alteraram no grupo A e C, indicando que nenhum tratamento provocou catabolismo da matriz extracelular. As concentrações de citocinas e eicosanóides não foram significativamente alteradas. A ozonioterapia não causou processo inflamatório significativo ou degradação da cartilagem, portanto, a ozonioterapia é segura em ambas as doses avaliadas.

Autor: Vendruscolo, C.P., Moreira, J.J., Seidel, S.R.T., Fülber, J., Neuenschwander, H.M., Bonagura, G., Agreste, F.R., Baccarin, R.Y.A.

Revista: PLoS ONE, Volume 13, N.º 5, May. 2018. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0197736.

Voltar ao topo