ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia
ABOZ no Twitter ABOZ no Facebook

Bibliografia

The effect of ozone and naringin on intestinal ischemia/reperfusion injury in an experimental model

Objetivo: avaliar o efeito do ozônio e da narigina no intestino após lesão de isquemia/reperfusão (LIR) Métidos: 35 ratos foram divididos em 5 grupos de 7 animais : controle, LIR, ozônio, narigina e ozônio+narigina. No grupo controle, foi realizado somente laparotomia e exploração da artéria mesenteric superior (AMS). Nos grupos experimentais a AMS foi ocluída por 1h e reperfundida por 1h. 15 minutos após a isquemia, ozônio (25 μg/ml, 0.5 mg/kg), naringina (80 mg/kg) and ozônio+naringina (25 μg/ml, 0.5 mg/kg+80 mg/kg) foram infudidos intraperitonealmente em cada grupo. O tecido do íleo foi colhido para determinar injúria da mucosa intestinal e marcadores de estresse oxidativo. Para oclusão da AMS, diferente da literatura, sutura de seda foi utilizada. Resultados: marcadores de estresse oxidativo foram significativamente baixos nos grupos experimentais ao comparar com o LIR (p < 0.05). Histopatologicamente, o escore de injúria foi significativamente menor no grupo experimental comparado com o LIR (p<0.05). O menor ocorre de injúria foi encontrado no grupo ozônio+narigina. Conclusões: ozônio isolado ou combinado com naringina tem um efeito protetor para isquemia mesentérica. Ao invés de utilizar instrumentos como clamps nos modelos de ratos com LIR, Instead of using instruments such as clamps in the II/R rat model, sutura com seda pôde ser utilizado sem riscos.

Autor: ARDA ISIK, KEMAL PEKER, CEBRAIL GURSUL, ILYAS SAYAR, DENIZ FIRAT, ISMAYIL YILMAZ, ISMAIL DEMIRYILMAZ

Revista: International Journal of Surgery/ Ano: 2015

Voltar ao topo