ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia
ABOZ no Twitter ABOZ no Facebook

Bibliografia

Ozone Gas Effect on Mineral Content of Dentin exposed to Streptococcus mutans Biofilm: an energy-dispersive X-ray evaluation

OBJETIVO: Este estudo objetiva avaliar o efeito do gás ozônio sobre a dentina exposta ao biofilme de Streptococcus mutans por meio da avaliação do teor de minerais [log cálcio-para-fósforo (Ca/P)] utilizando espectroscopia de raios-X por dispersão em energia (EDX). MATERIAIS E MÉTODOS: Cinco terceiros molares humanos foram seccionados em quatro fatias de dentina e distribuídos em quatro grupos: I - controle (sem tratamento); II - Ozonioterapia; III - desenvolvimento de biofilme; IV - ozonoterapia seguida de desenvolvimento de biofilme. O conteúdo mineral (log Ca/P) foi avaliado por EDX. Os dados foram analisados por análise de variância e teste de Tukey (p < 0,05). RESULTADOS: Os resultados mostraram que o conteúdo mineral do grupo controle (I) foi semelhante ao grupo da Ozonioterapia (II) e foi estatisticamente superior ao grupo do biofilme (III) e ao grupo ozônio + biofilme (IV). O log Ca/P mais baixo foi determinado no grupo de biofilme (III). CONCLUSÃO: Pode-se concluir que a Ozonioterapia não garantiu um efeito preventivo na desmineralização da superfície da dentina pelo biofilme de S. mutans. SIGNIFICADO CLÍNICO: A Ozonioterapia pode ser uma alternativa não-invasiva de tratamento com o objetivo de reduzir os níveis de microorganismos associados à cárie. Esta terapia pode, assim, ser uma estratégia de tratamento alternativa e/ou complementar na odontologia preventiva.

Autor: Rafaella M Chaves, Carlos Estrela, Paula C Cardoso, Terezinha de JE Barata, João B de Souza, Érica M de Torres, Cyntia RA Estrela, Ana PR Magalhães e Lawrence G Lopes

Revista: Journal of Contemporary Dental Practice / Ano: 2017

Voltar ao topo