ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia
ABOZ no Twitter ABOZ no Facebook

Bibliografia

A cluster of hepatitis C virus infections associated with ozone-enriched transfusion of autologous blood in Rome, Italy

OBJETIVO: descrever um surto de hepatite C (HCV). DESENHO: estudo coorte retrospectivo. LOCAL: Departamento ambulatorial de um hospital em Roma, Itália. PACIENTES: todos os 42 pacientes expostos à Ozonioterapia pela auto-hemoterapia ou injeções intramusculares de janeiro a junho de 2001. MÉTODOS: investigação epidemiológica, análise sorológica e genotipagem dos vírus. RESULTADOS: 31 (74%) dos pacientes concordaram em participar desse estudo. Três (9.7%) tiveram sintomas de HCV. Essa taxa de incidência foi maior que a taxa registrada na regional de 1,4/100000/ano. Seis pacientes foram positivos para anticorpos anti-HCV e para HCV RNA com taxa de prevalência de 19,4% na qual foi muito maior que a estimada de 0,9% da população. O genótipo viral do tipo 1b foi encontrado em dois casos (um sintomático) e o do tipo 2c em quatro casos (2 sintomáticos) no qual um dos pacientes já havia recebido o diagnóstico de HCV desde 1986 e pode ter sido a fonte da infecção. Os pacientes infectados foram expostos a transfusão de sangue autólogo enriquecido com Ozônio. Embora o modo específico como os pacientes foram contaminados não foi detectado, a provável transmissão entre os pacientes ocorreu em uma das 3 sessões terapêuticas no intervalo de 6 meses. CONCLUSÃO: a transmissão da HCV pode ocorrer durante procedimento médico com sangramento limitado. Precauções devem ser aplicada por qualquer porfissional de saúde; restringir o número de pacientes tratados em cada sessão pode ser um modo efetivo de prevenir transmissão acidental de infecção.

Autor: Annunziata Faustini, Maria R. Capobianchi, Mauro Martinelli, Isabella Abatte, Giuseppina Cappiello e Carlos A. Perucci

Revista: Infect Control Hosp Epidemiol / Ano: 2005

Voltar ao topo